Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Recanto d' Alandra

O lado mais esotérico do Bem-Estar!

Recanto d' Alandra

O lado mais esotérico do Bem-Estar!

Herbalife: Usar ou não usar?

23
Mai14

 

 

 

 

 

 

Olá estimados leitores! Antes de prosseguir permitam-me que vos esclareça que não tenho nada a ver com a marca Herbalife nem conheço actualmente ninguém (que eu saiba!) que esteja ligado à mesma. Também não tive nenhuma experiência assombrosa com a marca. Experimentei somente as barras de proteínas há uns anos atrás, através de uma pessoa que conhecia na altura que vendia produtos da Herbalife, mas não segui nenhum programa, nem nada “por aí além”.

O objectivo deste post é apenas, dar-vos uma opinião sobre o que penso em relação aos produtos da marca com base em diversas pesquisas feitas por mim e baseando-me nas experiências de várias pessoas, positivas e negativas, tentando dar-vos uma orientação equilibrada no caso de querem experimentar algum programa ou produtos da marca.

Aproximamo-nos a passos largos do Verão (embora não pareça, com o tempo que tem feito nos últimos dias!), por isso é frequente, nesta altura do ano, muitas pessoas tentarem todo o tipo de recursos para compensarem “os estragos” feitos nas estações mais frias do ano. No entanto, há quem o faça “a qualquer custo”, em busca de resultados rápidos, mas esses caminhos, para além de perigosos, não garantem eficiência, pois para além dos resultados não serem duradouros a longo prazo, também não são muitas vezes os pretendidos.

Há no entanto muitas alternativas saudáveis e eficazes, que permitem obter bons resultados. Entre essas alternativas estão, claramente, na base de tudo, uma alimentação saudável e actividade física regular, depois, como “ajudas”, estão cremes e também suplementos ou complementos alimentares, que poderão ser úteis desde que, sejam utilizados com essa finalidade, de auxiliadores e não como meio principal!

Existem várias marcas disponíveis actualmente no mercado e programas de emagrecimento disponibilizados pelas mesmas, encontrados nas farmácias, em lojas de produtos naturais, ou até por revendedores ou, como alguns são conhecidos, distribuidores. Como é o caso da Herbalife.

Eis a questão…

Se repararmos bem, alguns destes métodos têm bastantes semelhanças entre si e alguns deles, por sua vez, são semelhantes a métodos que são utilizados em algumas clínicas de emagrecimento. De todas as marcas, a Herbalife é uma das mais conhecidas, mas também é das que gera menos concordância. Uns adoram, outros detestam. E porquê?

Questões de rendimentos à parte, que também podem influenciar a opinião dos consumidores sobre a marca, mas que é um assunto alheio a este post, a Herbalife é vendida por pessoas comuns (com formação específica para o efeito embora não necessariamente licenciados na Área da Ciência e da Nutrição), e não  por profissionais especializados. Por se tratar da venda de suplementos e complementos alimentares com determinados fins a nível de emagrecimento e nutrição, é considerado um assunto preocupante para muitos nutricionistas.

Também há alguns anos atrás foram realizados estudos que associaram a Herbalife a problemas de fígado ( mais sobre este assunto em http://medicinaemrevista.blogspot.pt/2009/12/herbalife-e-seguro.html e também em http://pt.wikipedia.org/wiki/Herbalife )

Porém, actualmente a Herbalife encontra-se disponível no nosso mercado sem problemas de maior, encontrando-se normalmente à venda pelos seus distribuidores. Existem muitos utilizadores satisfeitos e a empresa é reconhecida mundialmente, estando presente em mais de 90 países e contando no Instituto e Conselho nutricional da marca com a colaboração do Dr. Louis Ignarro, Prémio Nobel da Medicina em 1998.

Então em que é que ficamos?

Tendo em conta tudo isto, na minha opinião, os produtos Herbalife, podem ser uma ferramenta útil nos objectivos de emagrecimento e/ou nutrição, à semelhança de outros produtos do género, desde que utilizados com cuidado, conta, peso e medida.

O nível de formação dos seus distribuidores poderá ser variável, tendo uns mais experiência e preparação do que outros. Mas, a meu ver, com algumas regras, é possível obter bons resultados e com segurança tendo alguns cuidados:

 

- Procurar um distribuidor credível; geralmente os distribuidores têm uma página ou blog, quanto mais completa a informação e mais pormenores a página tiver, mais experiência e formação o distribuidor terá;

 

-À semelhança de vários produtos alimentares, leiam os rótulos do(s) produto(s) que pretendem consumir, para terem sempre uma real noção das calorias e dos hidratos de carbono que ingerem em conjunto com o resto da vossa alimentação;

 

- Não façam de alguns produtos (ex: batidos substitutos de refeição) uma forma de vida; usem-nos como recurso de emergência temporário (para se motivarem para emagrecerem um pouco introduzindo gradualmente uma alimentação saudável com alimentos “normais”), ou para aquele dia completamente imprevisível em que é quase impossível terem horários para comer, quanto mais tempo para prepararem uma refeição (mas nada de “se agarrarem” a isto como desculpa a longo prazo!), ou então para o dia a seguir àquele casamento ou aniversário em que comeram demais, como forma de compensarem os excessos aliando-os ao retorno da alimentação saudável normal.

 

- No seguimento do conselho anterior, aliem os produtos à reeducação alimentar e à actividade física regular, essas sim como estilo de vida, para a obtenção e manutenção de um corpo saudável e bonito e usem os produtos como uma ajuda apenas e só pontual.

 

- Por último, mas não menos importante, aconselhem-se com um profissional de saúde e nutrição; este conselho é ainda mais obrigatório se tiverem algum problema de saúde em especial, ou alguma condição específica!

 

De lembrar que estas orientações são válidas não só para produtos Herbalife, mas também para outros do mesmo género!

A vossa opinião é muito importante! Comentem aqui no blog ou na página do Facebook do mesmo em https://www.facebook.com/recantod.alandra . Se tiverem alguma experiência com esta marca ou outras semelhantes partilhem! Será uma mais-valia para quem por aqui passa!

 

Foto: Free Digital Photos/ Autor: Anankkml